2020


Sandra Maria Morgadinho Pacheco (ISEC Lx) | 345 – Gestão e Administração

(Requereu dispensa ao abrigo da alínea b) do Art. 50.º do Decreto-Lei 206/2009206/2009, nos termos e para os efeitos do disposto no Art. 160.º do mencionado diploma)

Ver processo


Marta Sofia Mota Correia Sampaio (ISLA Santarém) | 345 – Gestão e Administração

Desenvolvimento e Implementação de uma Matriz para avaliação de Competências

Ver processo


Domingos dos Santos Martinho (ISLA Santarém) | 481 – Ciências Informáticas

Campus Virtual INSE-ECB

Ver processo


Isabel Maria da Silva Rodrigues Pinto dos Reis (ISLA Santarém) | 345 – Gestão e Administração

Desenho de 1 Sistema de Avaliação de Desempenho para a área da Contabilidade da Empresa CIPHRA, Lda

Ver processo


Júlio Paulo da Silva Martins (ISLA-IPGT) | 344 – Contabilidade e Fiscalidade

Relatório Síntese de Conclusões de Melhorias no Reporte Financeiro do Grupo ABS, SGPS

Ver processo


António Fernando da Silva Rodrigues Machado (ISLA-IPGT) | 345 – Gestão e Administração

AMIGAIA Agência Municipal de Investimentos

Ver processo


Maria Cláudia Evangelista Pinto de Almeida (ISLA-IPGT) | 345 – Gestão e Administração

A Gestão da Formação como instrumento de Gestão Estratégica de Pessoas nas Organizações

Ver processo


José Aser Castillo Lorenzo (IPLuso) | 481 – Ciências Informáticas

Vários trabalhos profissionais

Ver processo


Ivo Dinis de Oliveira (ISLA-IPGT) | 345 – Gestão e Administração

Gestão e Administração - Contrato Local de Desenvolvimento Social

Ver processo


2021


Manuel Luis Vila Cova Tender (ISLA-IPGT) | 862 – Segurança e Higiene do Trabalho

Discussão do CV e obras relevantes anexas ao processo (tem decl. Especialista Ordem Engenheiros) .

Ver processo


José Manuel Catarino Barreiros Cascais Brás (IPLuso) | 481 – Ciências Informáticas

Robotic Process Automation – Os Sistemas de Informação e a Continuidade do Negócio.

Ver processo


Ana Isabel da Rocha Barros (IPLuso) | 342 - Marketing e Publicidade

Apresenta alguns dos projetos profissionais no âmbito da agência de Marketing e Comunicação dedicada ao setor das Tecnologias de Informação OUTMarketing com posicionamento no mercado português há já 13 anos e no mercado brasileiro desde 2012.

Ver processo


António do Carmo Pratas (ISLA Santarém) | 381 - Ciências Informáticas

Implementação de um Sistema Integrado de Mobilidade de Logística em Software PHC

Ver processo

0
0
0
s2sdefault

Nos termos do n.º 1 do artigo 52.º do Decreto-Lei n.º 65/2018, a acreditação de um ciclo de estudos consiste na verificação do preenchimento dos requisitos legais exigidos para a sua criação e funcionamento.

Licenciaturas

Comunicação e Tecnologia Digital

Engenharia da Segurança do Trabalho

Engenharia Informática

Gestão de Empresas

Gestão de Recursos Humanos

Sistemas Multimédia

Turismo

Mestrados

Engenharia de Tecnologias e Sistemas Web

Gestão

Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho 

Gestão de Recursos Humanos

0
0
0
s2sdefault

The ECTS Guide is one of the most important tools to achieve the European higher education area. With our ECTS Guide we intend to promote the transparency of information, the recognition of study programmes and degrees, and also to stimulate the mobility among higher education institutions.

What is it?

The European Credit Transfer and Accumulation System (ECTS) is a tool that helps to design, describe, and deliver study programmes and award higher education qualifications. The use of ECTS, in conjunction with outcomes-based qualifications frameworks, makes study programmes and qualifications more transparent and facilitates the recognition of qualifications.

Why is it needed?

By making higher education comparable across Europe, ECTS makes teaching and learning in higher education more transparent and facilitates the recognition of all studies. It aids curriculum design and quality assurance and allows for the transfer of learning experiences between different institutions, greater student mobility and more flexible routes to gain degrees.

ECTS is closely related to the modernisation of higher education in Europe. In particular, it is a central tool in the Bologna Process which aims to make national systems more compatible.

How does it work?

Participating institutions publish their course catalogues on the web, including detailed descriptions of study programmes, modules, university regulations and student services.

Course descriptions contain ‘learning outcomes’ (i.e. what students are expected to know, understand and be able to do) and workload (i.e. the time students typically need to achieve these outcomes). Each learning outcome is expressed in terms of credits, with a student workload ranging from 1 500 to 1 800 hours for an academic year, and one credit generally corresponds to 25-30 hours of work.

 

Source: https://ec.europa.eu/education/resources-and-tools/european-credit-transfer-and-accumulation-system-ects_me

0
0
0
s2sdefault
Diferenca
banner visitavirtual
office hero
covid 4
livroreclamacoes Prancheta 1
Logo Opt 3 copy 2
bolsa emprego
CienciaVitae
Alumni
centro qualifica